logo

VOCÊ ESTÁ EM HOME >

BLOG

Data de publicação: 16/07/2019

Principais erros na gestão de estoque

Episódio 5

Devido à complexidade da atividade, é comum que ocorra erros na gestão de estoque. Saiba quais são os principais e como evitá-los:

Excesso de estoque

Excesso de estoque é um dos grandes problemas enfrentado nas empresas, principalmente em épocas de crise. Quando refere-se a produtos perecíveis, o problema se traduz, literalmente, em perdas totais.

Em qualquer caso, não deixa de ser uma despesa desnecessária, porque a empresa deixa de ter um capital líquido disponível para investimento e passa a ter um investimento paralisado. Isso sem falar nos custos de armazenamento.

Para evitar que isso aconteça, é preciso concentrar os investimentos em produtos mais lucrativos e que vendem melhor. A única maneira de fazer isso corretamente é começar a analisar suas vendas mês a mês.

E não apenas no ano corrente, mas também comparativamente com o mesmo mês do ano anterior, períodos de férias, etc. para identificar possíveis sazonalidades.

Estoque insuficiente

Quando uma gestão de estoque não é bem feita, você acaba correndo vários riscos. A falta de produtos, por exemplo, acaba gerando prejuízos que muitas vezes você nem percebe.

Esse tipo de situação pode acarretar, por exemplo, na perda da confiança do cliente, de vendas atreladas e de vendas futuras.

A falta de estoque é tão maléfica para a empresa quanto o excesso. Por isso, é importante ter um controle adequado para que nenhum dos casos venha a acontecer.

Problemas de sazonalidade

Você está ciente das oscilações que ocorrem na demanda de sua empresa? A oferta de produtos deve ser adaptada às necessidades de seus clientes, em cada estação e época do ano.

Você não pode comprar os mesmos bens em um período de tempo em que, talvez, seus clientes saiam de férias e não estejam pensando em comprá-los.

O contrário também acontece. Existem épocas, geralmente datas festivas, em que há um aumento muito grande da demanda.

As empresas precisam, além de captar essas informações, fazer um bom planejamento para não sofrer com problemas externos, como atrasos de fornecedores.

Uso de ferramentas de gerenciamento de estoque ineficientes

Outro problema comum no gerenciamento de estoque é usar ferramentas inadequadas de controle.

Não basta apenas de utilizar soluções para o controle de lotes e séries de produtos. É necessário contar com ferramentas que estejam integradas com as áreas de compra e vendas e que possibilitem controlar o valor real de seus estoques.

Se você não tiver as ferramentas adequadas, você poderá tomar uma série de decisões equivocadas que só serão identificadas muito posteriormente. Em muitos casos, será muito tarde para revertê-las e você as verá traduzidas na forma de perdas ou custos muito altos.

Além disso, a automação dos procedimentos de controle de estoque ajudam a minimizar o tempo e os custos operacionais.

Falta de inventário físico

Muitas empresas acabam não realizando inventários regularmente e acreditam que a quantidade que consta em seus controles é a real. Isso pode gerar problemas de compra indevidas ou falta de estoque em momentos cruciais para a empresa.

Episódio 6: Carregando…