4 Dicas para melhorar controle de orçamentos do seu negócio

Data de publicação: 02/08/2018

Não existe um empreendedor que não gostaria de ver o seu negócio faturando cada vez mais. No entanto, não basta trabalhar de forma exaustiva e apenas torcer para que os lucros venham, é preciso fazer um controle de orçamentos eficiente, que realmente contribua com o crescimento da empresa. Organizar as finanças

pode ser algo facilmente alcançado e sair bem mais barato do que você imagina. Basta apenas ter disciplina, cautela e dados reais em mãos. Nessa matéria reunimos 4 dicas para fazer  uma gestão orçamentária saudável e ajudar o seu empreendimento a crescer. Confira:

1- Receitas e despesas devem ser separadas

O objetivo principal de um controle de orçamentos é saber quanto uma determinada empresa tem disponível, quanto ela pretende obter, quanto gastou recentemente e quanto deseja economizar.

Por exemplo, se o seu objetivo é cortar gastos gerais em 20%, é necessário descobrir quanto está sendo gasto por departamento (compra, venda, financeiro). Feito isso, basta avaliar o que pode ser eliminado até chegar ao nível operacional, no qual até mesmo canetas e papéis comprados serão levados em conta. Assim, você terá sua previsão de receitas e despesas de forma clara, evitando surpresas pelo caminho.

2- Trace um plano de metas

É primordial aliar o controle de orçamento a um plano de metas comerciais, pois isso permite que você elabore diferentes cenários/situações para a sua empresa e confronte os dados simultaneamente.

Isso torna possível, por exemplo, definir metas por vendedor, por tipos de produto ou por determinados locais. Com isso, você conseguirá avaliar o desempenho de todos os procedimentos do empreendimento e descobrir quais precisam de mais atenção.

Isso tudo permite a geração de relatórios para comparar o planejado com o executado, garantindo melhores diagnósticos das operações. Uma boa gestão orçamentária também reduz a burocracia no momento de fazer investimentos, além de ajudar na compreensão de como eliminar gastos e gerir melhor o patrimônio.

3- Aposte em medidas preventivas

Uma ação fundamental que deve acompanhar o planejamento orçamentário desde o início. Podemos dizer que medidas preventivas compreendem o capital de giro – dinheiro necessário para dar continuidade às operações do negócio – que precisa ser criado para lidar com despesas inesperadas.

Também é importante elaborar planos de contingência, principalmente para o pagamento de obrigações tributárias. Essas obrigações geram multas altíssimas se não forem pagas/declaradas dentro do prazo. Inclusive o próximo tópico pode ajudar muito no desenvolvimento dessas medidas preventivas.

4- Um software para uma gestão financeira eficiente

O mercado de tecnologia atual oferece um grande número de soluções para o controle de orçamentos de uma empresa, mas grande parte peca ao não oferecer uma visão ampla o suficiente, dificultando a realização de projeções por parte do gestor.

Aqui na Appelsoft existe o software certo para gestão financeira, que garante o armazenamento seguro das informações. O AppelPDV Lite pode ser adaptado a todo tipo de empreendimento, permitindo a análise de dados a qualquer momento.

Além disso, ele também melhora a saúde da empresa em diversas atividades operacionais, com emissão de nota fiscal (NFC-e), Integração total com cartões de crédito e débito (TEF), gestão de estoque, pagamentos e recebimentos de contas, entre outras. Conheça agora os benefícios do AppelPDV Lite

Confira outras notícias

Software de Gestão, Controle de Frotas
Automação Comercial
© 2017 Appelsoft.
Política de Privacidade Termos de Uso Fale Conosco Página Inicial Ir ao Topo
Site produzido pela Netface